quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Resumo dos tempos de ausência #2 - Parte 2

Aqui estou eu novamente, com a segunda parte do exagero de fotografias que constitui o resumo das minhas férias. Não se esqueçam de consultar a primeira parte, que podem encontrar aqui. Prometo que a próxima parte é a última. ;)

Para compensar o início menos saudável do último post
Na foto acima está uma mistura de imensos legumes salteados num wok juntamente com feijão, peito de frango e delícias do mar. O resultado fica mesmo agradável, é uma ótima refeição de férias :)


Esta é mais uma barrinha da Prozis (mais sobre a loja aqui) que levei comigo. Assim como a de tâmaras que mostrei no último post, serviu para um snack na praia. A textura é mesmo boa e 'chewy'! É de limão, pelo que pensei que pudesse ser um pouco enjoativa, mas isso não se verificou, o que me fez ficar curiosa em relação ao outro sabor disponível (framboesa).

Melanciaaa :D Bem vermelha e docinha, como se quer...
Pão thins de quinoa (x2) que comi depois de uma corrida
Posso dizer que adorei esta variedade de pão thins. É mesmo fofinha e saborosa, a minha preferida até agora! Resta esperar que chegue a Portugal (pelo menos eu nunca a vi por aqui).

Magnum sandwich na versão Nestlé


Na imagem acima estão marinheiras sem sal (post sobre marinheiras aqui) com manteiga de amendoim natural da Prozis e doce de framboesa. Eu sei, eu sei, esta combinação parece um bocadinho overkill, mas garanto que é deliciosa. ;)

O regresso das esculturas de areiaaa :D
Logo num dos primeiros dias fui correr e vi esta adorável construção. Confesso que, lembrando-me da estátua do ano passado, o primeiro pensamento que me passou pela cabeça foi 'alguém anda preguiçoso', mas cedo esse pensamento passou, porque...

Houve uma segunda esculturaaa :D
Melhores. Férias. De sempre. :P
Na foto acima a estátua está um pouco desgastada porque no dia em que a tirei estava muito vento (responsável também pelo lixo espalhado por lá, que retira alguma dignidade à coisa). Para que isto não impusesse problemas à vossa apreciação da mesma, desloquei-me até lá noutro dia e obtive uma nova fotografia (não se sintam demasiado importantes, a loja de iogurte gelado em frente à estátua também tomou grande importância na decisão).

Versão sem lixo e com direito a tijolos perfeitinhos - agradeçam-me ;) 
Não me querendo gabar, tenho de mencionar que fiquei inspirada com estas estátuas e fiz uma tartaruga bastante artística na praia, com direito a conchas a fazer de olhos e tudo. Infelizmente não há registo fotográfico, mas de qualquer modo não queria que me começassem a pedir autógrafos... ;)

Uma mousse que comprei no Supercor :)
Como é óbvio não tem os melhores ingredientes, mas compensa por ser deliciosa! A colher na embalagem não lhe faz justiça... ;)
Grande plano da sua textura perfeita e a minha colher, claramente muito mais apetecível!
Uns macarons que encontrei por 1 euro no Dia
Achei-os mesmo adoráveis!
Não achei que fossem os melhores macarons que já comi, o que é um feedback um pouco negativo já que para além destes só comi um (em jeito de compensação, esse era mesmo bom ;)). Consistem basicamente em duas bolachas crocantes com recheio de doce de framboesa, sendo até um pouco enjoativos. Entretanto encontrei uma enorme variedade de macarons da mesma marca cá, no E. Leclerc, e decidi trazer os de café, uma vez que tenho fé nos macarons e acho que todos merecem uma segunda oportunidade. Ainda não os provei, mas quando o fizer digo alguma coisa (ou não, há a possibilidade de me esquecer e nunca mais dizer nada. Resta-nos esperar para saber).

Gomas. Imensas gomas, para ser mais precisa.
Sendo uma zona turística, encontro por lá bastantes lojas a vender uma enorme variedade de gomas ao peso. O poder de escolha é fantástico, já que nesta deprimente sociedade vivemos, quais animais enjaulados, limitados às embalagens com quantidades-padrão de gomas todas iguais dos supermercados.

'Gomas. Imensas gomas, para ser mais precisa', versão 'amantes de marshmallows'
Vistas fresquinhas num parque natural :)

Esta foi mais uma barrinha da Atkins que provei por lá. Achei mesmo boa e viciante - a textura é fantástica e lembra quase um nougat, senão atentem: 


Tem sido agradável rever as barrinhas da Atkins e aprová-las, acho que fui mesmo demasiado exigente no julgamento inicial... ;)

O pão que mostrei no post anterior torrado com mozzarella, porque eu levei a minha torradeira atrás just in case...
O regresso do gato :D 
Não sei se se lembram, mas no post de férias do ano passado mostrei fotos deste gatinho adorável que veio ter comigo duas vezes e ao qual dei atum. Este ano ele voltou mais algumas vezes, consolidando o nosso estatuto de amigos! :)
Claro que já estava com algumas ideias quanto ao propósito desta visita, parecendo lembrar-se do gostinho do atum do ano passado. Desta forma, não fez cerimónia e rapidamente me encarou com esta expressão matadora:

'ATUM! ATUM! ATUM!'
Depois de lhe dizer que desta vez não havia atum para ninguém
Reação à descoberta de que, para compensar, havia leite
A beber o leite de uma malga improvisada (que noutra vida foi uma embalagem de delícias do mar - aposto que gostou do aroma que ficou)
Parece que estava mesmo com fome!
Espero que para o ano o gato volte a aparecer, começo a sentir uma ligação entre nós (não de todo forjada a atum e leite)... ;)

Danio natural com macadâmias - perdoem-me o choque se esperavam mais fotos do gato
Uma salada com tomates e cebolas, ambos biológicos :)
O maravilhoso pão de sementes do Froiz
Algumas compras :)
Os produtos da imagem acima são todos do Dia ou do Lidl. Sei que os bolinhos da sorte se vendem por cá ocasionalmente, mas vamos ser sinceros - são bolinhos da sorte, trazer um pacote sempre que os vemos não é mais do que uma obrigação que temos para com a nossa criança interior...
Notei que os frutos secos são mais baratos por lá, daí o exagero de pacotes deles. Achei piada à mistura de frutos secos torrados do Lidl, uma vez que nunca vi esta versão por cá! :)
Aproveitei também para comprar marisco enlatado em água, já que havia bastante diversidade e os ingredientes são ótimos (apenas marisco, água e sal), e uns chocolates que vi no Lidl: um de comércio justo com 70% de cacau (por cá só costumo encontrar chocolates de comércio justo com percentagens de cacau mais baixas) e um com recheio de mousse de chocolate e pistáchio que era só a melhor coisa de sempre. Tenho imensa pena de que não haja por cá, mas pronto, a restante gama também é deliciosa. :P

O pão quadrado que mostrei na publicação anterior, queijo creme e passas
Eu sei que esta parece ser uma combinação duvidosa, mas acreditem em mim - vale a pena experimentar. Eu nem sou pessoa de gostar de combinações de doce com salgado, mas esta, a par de manteiga de amendoim com doce/geleia, merece bem ser a exceção! Caso se estejam a perguntar como é que tal mistura pode ocorrer a alguém, tenho uma pequena história para contar: havia um pão de passas mesmo bom numa renomada padaria da minha cidade que eu comprava de vez em quando. Numa das vezes em que o comprei comi-o com philadelphia e adorei a combinação, que repeti várias vezes a partir daí. Tristemente, num cinzento e terrível dia, a padaria começou a fazer pão com o mesmo formato do de passas mas sem passas (eu sei, devia ser punido por lei). Só reparei na diferença quando o cortei a meio, e nesse instante, como que por reflexo, olhei para o armário e o meu olhar cruzou-se por momentos com o de um pacote de passas (na verdade os meus armários costumam estar fechados, mas vocês percebem). Não vou dizer que me orgulho do vergonhoso ato de colocar passas no queijo creme barrado no pão, mas desde aqueles segundos de fraqueza fazer esta combinação tornou-se mais forte do que eu... ;)

Frutos secos que comprei avulso :) Não se note a preferência por macadâmias e nozes do Maranhão...
Chocolate dourado, aka 'o chocolate mais adorável de sempre' :D
Quando vi este chocolate no supermercado fiquei surpreendida (bem, pelo menos tanto quanto é possível uma pessoa ficar surpreendida com um chocolate) por nunca ter visto nenhum do género. Este promete ser o quarto tipo de chocolate (sendo os restantes branco, de leite e preto); reza a embalagem a lenda que foi descoberto quando alguém deixou chocolate branco no lume demasiado tempo, resultando isso numa espécie de chocolate branco caramelizado. Eu fiquei bem fã e nem costumo gostar muito de chocolate branco!
Nunca vi à venda em Portugal, até porque penso que aqui a Nestlé é menos desenvolvida em termos de chocolates, mas o sítio onde é mais provável que haja é o Froiz, visto que foi lá que o comprei. Se alguém o tiver visto à venda diga. :)

Sombrinha que sabia maravilhosamente bem nos dias mais quentes (ou seja, todos), principalmente quando estava a correr!
Iogurte gelado na Smöoy
Não achavam mesmo que não ia colocar uma fotografia de iogurte gelado, pois não? ;)
O da foto acima é de bolacha com raspas de chocolate negro e molho de chocolate branco (que sabe imenso a chocolate kinder!).

Uns pãezinhos de alho mesmo giros que são - adivinhem - do Froiz
Assim como no último post, deixo aqui os produtos da Prozis que aparecem nas fotos para que possam ver os detalhes associados ou encomendá-los. Podem também carregar nas respetivas fotografias acima que, da mesma forma, redirecionam para a página dos produtos.

Nota: Links Afiliados

sábado, 20 de agosto de 2016

Produtos #8 - Aveia com Sabor (Nutella, Donut, Ferrero Rocher, Waffle e Chocolate Branco,...)


Sempre que publico no facebook ou instagram uma foto de qualquer coisa com aveia de sabor recebo comentários a perguntar onde comprar e o que é - assim sendo, para esclarecer toda a gente de uma vez e poupar o meu latim, aqui está um post de esclarecimento.

Há várias marcas que vendem aveia com sabor, seja em flocos ou em farinha. A que uso é em farinha, da marca Max Protein, a da imagem abaixo. Podem carregar na imagem para ver mais detalhes sobre o produto (nomeadamente ingredientes e informação nutricional) e conhecer a enorme panóplia de sabores disponíveis.

(numa imagem enorme, porque ao contrário de certas barras tem uma embalagem adorável)

Esta é a versão doce, da qual há também pacotes de 3kg - no entanto, e embora seja menos famosa, existe uma versão salgada em pacotes de 2kg com o hilariante nome de 'Fitzza'. Como podem daqui apreender, os sabores disponíveis são de alguns tipos de pizza, e podem com esta farinha fazer uma base - de pizza, se ainda não tornei isso óbvio - cuja receita podem encontrar no pacote (imagino eu, porque esta nunca comprei) ou no site da Prozis, carregando na imagem correspondente abaixo. Os ingredientes (da receita, não da aveia) são farinha (desta vez sim, refiro-me à aveia), claras e sal.



Para viciados em doces e em salgados, respetivamente ;)

Há ainda o sabor de Panettone, com direito a uma categoria especial.


Este sabor é de uma edição especial de Natal (algo fora de época, portanto) que, apesar de ter apenas 1kg, é ligeiramente mais cara que os pacotes de 1.5kg.. Não estaria entre as minhas primeiras escolhas de sabor, mas ganhei o produto num sorteio e surpreendeu-me pela positiva: pensei que o sabor a limão não fosse resultar bem em papas, mas foi o de que mais gostei para esse efeito.

Onde Comprar e Preço

Eu costumava comprar na Nutritienda (link da que costumo comprar aqui), mas entretanto o produto passou a ser vendido também na Prozis (é a loja para que remetem as imagens interativas acima). Sendo este produto a única razão pela qual eu fazia encomendas na primeira, adorei a novidade, já que prefiro a Prozis (não de todo só por ter manteiga de amendoim barata). Isto é também boa notícia para quem reside fora da península, já que esta loja exporta para toda a Europa (aliás, para todo o mundo, embora os portes possam não compensar em certas zonas), enquanto que a Nutritienda apenas faz envios para Portugal e Espanha. Há também outros sites que a vendem (pontemasfuerte e masmusculo, por exemplo), mas, uma vez que nunca encomendei produtos por lá, não posso dar a minha opinião.

Que eu saiba, as únicas lojas físicas que vendem este produto são as da Nutritienda, que apenas existem em Espanha (mais precisamente em Madrid, às resmas). Assim sendo, a solução, já que, confiem em mim, não podem mais viver sem isto, é mesmo comprar online. Ainda que haja cépticos do método, os portes são grátis a partir de 20 euros em compras e a encomenda chega em pouco tempo. Além disso, é possível fazer pagamentos por MB ou à cobrança.

Os preços são muito semelhantes em todas as lojas: carregando nas imagens acima podem conferir quais os praticados pela Prozis para cada um deles, os das restantes plataformas de venda não se afastarão muito destes.

O Que É, Ingredientes e Informação Nutricional

O produto consiste apenas em farinha de aveia à qual foram acrescentados aroma e adoçante, sendo esta assim doce e tendo sabores populares (como os mencionados no título). Quero ressalvar que a aveia tradicional, não tendo aditivos, é mais saudável - no entanto, pessoalmente não vejo problema num uso esporádico. Basta misturar uns 10g a iogurte para que fique tipo mousse, coisa que eu, por exemplo, faço cerca de uma vez por semana. Daí se vê que não é preciso ingerir grandes quantidades de aroma ou adoçante para fazer uso do produto. De qualquer forma, para o que que é a lista de ingredientes que tem não podia ser melhor. Aqui está ela (depende ligeiramente da variedade escolhida): 

Aveia, cacau em pó, aroma, edulcorante (sucralose), reguladores de acidez.

Como podem ver, é até bem curta e aceitável para o caso, embora realce novamente que não defendo o consumo exagerado. Podem ver quais os reguladores de acidez no site da Prozis, caso sejam apreciadores do detalhe. Em termos de informação nutricional é semelhante à aveia normal, até porque os ingredientes adicionais têm um valor energético (e por consequência uma quantidade de macronutrientes) desprezável. Assim, respondendo ao que me têm perguntado e formulando a resposta de uma forma bastante popular, não, não engorda mais do que aveia normal. ;)

Usos

Chegamos, finalmente, à parte divertida. Esta farinha é muito fina (micronizada), pelo que fica bem em qualquer receita. Podem usar em bolos, panquecas, crepes, tartes, etc., substituindo com esta a farinha de aveia normal (ou outras) e o açúcar/adoçante da receita. 

Deixo agora algumas sugestões. Começando por baixo (não em qualidade, apenas em complexidade ;)):

Iogurte grego com aveia (neste caso de Nutchoc)
Inicialmente parecia-me estranho misturar farinha com iogurte, mas visto que esta é tão fina a textura fica cremosa e o sabor é muito agradável. Faz uma bela sobremesa! É o meu uso de excelência para sabores 'achocolatados', como o de Nutella (nutchoc) e Ferrero Rocher (bombom rocher).

Agora com raspas de chocolate, porque raspas de chocolate tornam tudo melhor...
Claro que, sendo este um post sobre aveia, não podiam deixar de figurar umas quantas fotografias de papas de aveia. Eu sempre fui mais fã de papas de aveia com flocos e não com farinha, mas rapidamente me tornei fã das com feitas com esta, que não ficam enjoativas nem estranhas, antes muito cremosas (e todos sabemos o quão preciosas são papas de aveia cremosas).

Na verdade, quando utilizei esta aveia pela primeira vez (teste da praxe com um bocadinho de iogurte e aveia numa chávena de café não incluído) não aprovei completamente. Fiz umas papas apenas com aveia e leite que achei demasiado enjoativas - como é necessário usar bastante aveia para que estas engrossem o sabor fica demasiado forte. Não odiei, mas também não fiquei encantada. 

Versão não-completamente-convincente-mas-com-potencial
Depois vim eventualmente a fazer uma versão com claras, que por ajudarem a mistura a engrossar permitem o uso de menor quantidade de aveia e consequentemente potenciam as melhores papas de aveia de sempre.

Melhores papas de aveia de sempre com chocolate a derreter. Não é preciso dizer mais nada, certo? Receita aqui 
Gosto particularmente de usar esta receita com sabores sem chocolate, como panettone ou gofre e chocolate branco, que muito basicamente são os únicos sabores sem chocolate que já provei (embora imagine que a de donut ou manteiga de amendoim fiquem fantásticas em papas também). Como já disse, a de panettone revelou-se até o meu sabor preferido em papas - lembra Cerelac, em textura e no quão reconfortante é! 

Claro que ocasionalmente tenho de dar uma oportunidade a outros sabores ;)
Costumo saltitar entre estes dois usos (papas e iogurte) e adoro-os, pelo que não faço outras grandes experiências. No entanto, não podia deixar de mencionar o bolo de chocolate com courgette em versão 'com aveia de ferrero rocher':

O tal
...Porque ficou com um sabor mesmo parecido a brigadeiro, o que, imagino, agradará muita gente. Eu incluída. ;)

E ainda aqui coloco, já que estamos numa de bolos, um bolinho de microondas feito com aveia de panettone e coberto, como não podia deixar de ser, com manteiga de amendoim.

Em dose dupla, porque este bolinho merece ;)
Cuja receita podem encontrar aqui. Usei coco e não cacau.

Espero que tenham ficado esclarecidos. Algumas imagens remetem para o site da Prozis, pelo que como já mencionei várias vezes é uma espécie de publicidade, mas eu adquiri os produtos por mim (antes de sequer estar associada à Primetag) e as opiniões, como sempre, são todas verdadeiras (e minhas, já agora).

Este post já está muito longo, mas eventualmente farei um 'ranking' de sabores com a minha opinião sobre cada um (ainda me falta provar a maior parte, pelo que é capaz de demorar). Entretanto posso dizer que os que já experimentei - Nutchoc, Bombom Rocher, Gofre e Chocolate Branco e Panettone - estão mais do que aprovados :)

Deixo um 'resumo' de todas as opções de aveia com sabor da marca:

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Resumo dos Tempos de Ausência #2 - Parte I

Depois de tanto tempo sem publicações novas, venho aqui na tentativa de me redimir perante vós com um resumo das minhas férias. Atentem bem na palavra resumo - de certeza que irão questionar o uso da mesma quando virem a quantidade de fotografias que este post e os outros dois tem. Admito a possibilidade de ter exagerado um bocadinho, mas estou tão habituada a tirar fotos a tudo que era praticamente inevitável. ;)

Algumas fotos, as que têm produtos que comprei na Prozis, são interativas - se carregarem nelas serão remetidos para a página de produto no site desta loja online, onde poderão ver os ingredientes, informação nutricional, opiniões de clientes e preço associados ao produto e encomendá-lo, se tal pretenderem. No fim encontram um aglomerado de todos eles.
No ano passado ainda consegui dar alguma organização ao post de férias, mas nessa altura ele tinha umas míseras 19 fotografias. Este ano tenho mais de 100 (ficam avisados), por isso a organização escolhida é uma não-organização. A aleatoriedade, no entanto, não aflige a primeira fotografia; sendo este um post de férias, não podia deixar de começar por...

Frozen Yogurt, óbvio.
Este é o natural com mini-bolachas e creme de torrão. Gostei bastante da cobertura, admito que em grande parte por ficar adorável na fotografia (depois de tentar fotografar um com cobertura de chocolate espalhada por todo o lado e muito pouco fotogénico uma pessoa começa a dar o devido valor a estas coisas). 

Feijão frade com atum, ovos e salsa
A aleatoriedade tem destas coisas, travessas de feijão logo a seguir a iogurte gelado. Não é para os  mais sensíveis. ;)

O atum foi uma espécie de substituto de improviso, já que nuestros hermanos não são tão afeiçoados ao bacalhau (que costuma ser o escolhido para este prato) como nós, pelo menos na zona onde estive. De qualquer modo adoro a mistura de feijão frade e atum :)

Provei novamente esta barrinha da Atkins de brownie de chocolate, que me surpreendeu pela positiva. Ando a fazer as pazes com as barrinhas da marca que julguei injustamente há uns tempos. Esta é ótima! 

Têm ainda direito a uma foto altamente imprescindível de uma trinca:


Hóstias em versão XL (e por sinal deliciosas)
Estes circulozinhos gloriosos são já tradição. E uma das a manter! 


Esta quest de muffin de banana e frutos secos serviu para acompanhar a leitura. Não estando nos meus preferidos, acho o sabor bem agradável.

Visitei alguns supermercados diferentes, só para exibir produtos que não há por cá, em jeito de meter nojo. ;)

Algumas compras para snacks
Achei especial piada a esta variedade de queijo Babybel, que nunca tinha visto e tem uma cor adorável (sempre importante, anotem)
Os ingredientes (ou o ingrediente) do queijo, muito aceitáveis
Manga do Death Note que aproveitei para ler, celebrando um ano desde que vi o anime (precisamente nas férias do ano passado)
Melhor. Cena. De sempre.
Alguns vegetais que achei merecedores de destaque
Estão a ver aqueles espargos? Além de serem adoravelmente fininhos, custaram (sem nenhuma promoção) um euro e meio. Parece que espargos que custam os olhos da cara são moda portuguesa :P

Um pão surpreendentemente bom em termos de ingredientes
Foi uma surpresa agradável encontrar este produto. Custou 2,5 euros e comprei no Carrefour (por acaso da primeira vez que lá fui não trouxe porque estavam lá expostos fora de prazo, ainda bem que à segunda encontrei este). É, em termos de ingredientes, praticamente tão bom como os da 'Miolo', mas fica mais barato, além de ser mais leve e fofo e, no que toca ao sabor, 'normal'. 
Havia também um de sementes de girassol, mas não o comprei porque não tinha um ar tão festivo :P 


Sendo que o destino de um pão surpreendentemente bom em termos de ingredientes passa necessariamente por torradeira e manteiga de amendoim, esta foto não podia faltar por aqui. ;) Fiquei bem fã, torrado este pão é maravilhoso! Tenho pena de que não haja por cá, já que pães deste género normalmente não são grande coisa / são exageradamente caros / não são grande coisa e são exageradamente caros.

E porque 'We all live in a yellow zoomarine' (na verdade a toalha é esverdeada, mas tinha de dizer isto):


Acho que já posso considerar-me uma espécie de perita em barrinhas de tâmaras, uma vez que já provei as de 3 marcas diferentes. Fiquei fã de todas, têm em comum uma textura agradável, um sabor bem docinho e uma ótima lista de ingredientes. São especialmente práticas para levar para a praia, já que não têm nada que derreta.

Alguns licores em frasquinhos bem giros
Comprei estes licores numa feirinha local para oferecer. São de café, morango, cereja e chocolate e caramelo. Tive a oportunidade de provar alguns e gostei bastante (especialmente do de café) :)

Bolinhos miniatura comprados no Froiz
Na zona de Espanha em que estive o Froiz é o supermercado mais próximo de uma celebridade que há - tem imensa afluência, e portanto há sempre múltiplas variedades de pão, bolos, pastéis salgados e empadas a sair (e, claro, a serem comprados). Aquilo ao meio dia, no abastecimento pré-sesta dos espanhóis, parece uma feira, com direito a filas frustrantes a alongar-se pelos corredores e tudo.
Comprei lá estes mini bolinhos adoráveis - que passavam a vida a pavonear-se na montra - para o lanche e gostei muito. Além de serem frescos e de o preço ser acessível, a variedade é notável :)

Abalones, orelhas-do-mar ou lapas-reais
Apesar da reputação atribuída por Eça de Queirós às conchas espanholas, não resisto a procurar estas. No entanto, não conhecia o nome dos moluscos associados - este ano fiquei curiosa e depois de uma pesquisa fiquei com estes três :) São relativamente raras, por isso tem alguma piada tentar encontrá-las. Tanto que já tenho um verdadeiro arsenal. :P E fui eu a encontrar uns significativos 5%... #concorrênciadesleal 

Algumas chouriças compradas na feira local
Coca-cola com gelo e limão num café com Internet, para ver as novidades
Duas variedades de pão que não conhecia: thins de quinoa e um pão parecido, fininho e quadrado, da Oroweat :)
Macadâmiaaaas :D
Quando publiquei uma foto de macadâmias no facebook e inevitavelmente me queixei do preço, alguém mencionou as dos supermercados Mercadona. Assim sendo, não podia deixar de passar por lá, mesmo que isso implicasse acordar às oito e andar 8km para as ir buscar num dia de férias e de descanso (já que em sensivelmente metade dos dias já acordava cedo para ir correr). Valeu totalmente a pena, porque macadâmias são deliciosas. ;) 
Este pacote de 100g custa 2.7 euros, o que é consideravelmente mais barato do que noutros supermercados  (se não me engano, no Continente um pacote de 150g custa 5 euros).

Cerejas ofuscadas exageradamente pelo sol
Tendo esta caixa de 2kg custado por volta de 5 euros, as cerejas não-todas-podres têm por força de se juntar aos espargos no grupo de produtos que só em Portugal custam os olhos da cara. Ainda por cima eram mesmo boas!

Ovos caseiros oferecidos pela 'senhoria', incluindo alguns ovos branquinhos mesmo adoráveis que, tenho a certeza, foram postos pelo Yoshi
Chocolate da Lindt com a embalagem mais adorável de sempre :D
Com direito a caramelo a escorrer e tudo ;)
E a versão 'interior' da embalagem mais adorável de sempre!
(Acho que) nunca tinha provado este chocolate e gostei muito. A Lindt é uma das minhas marcas preferidas de chocolate não negro (a de chocolate negro é a J.D. Gross do Lidl, caso queiram saber), e claro que o caramelo é um ótimo bónus.

Macadâmias caramelizadas, porque uma foto de macadâmias por post não é suficiente
Foi a primeira vez que vi macadâmias caramelizadas, o que é uma pena porque são meeeesmo boas! E viciantes, como não podia deixar de ser. A culpa é da Joana.

Gelado de frutos vermelhos artesanal, mais conhecido por 'Melhor. Gelado. De sempre.'
Só para verem a qualidade deste gelado, o café que o tem também vende gelados com sabores da moda como pudim, kinder e ferrero rocher, mas a escolha recai sempre sobre este. Eu sei. ;)

Paisagem com direito a barquinhos à vela e tudo :)
Noutra altura (não neste sítio) estava a observar barquinhos à vela (eu adoro barquinhos à vela) e de repente um deles virou completamente, o que foi muito caricato de ser ver :P Como é óbvio, os outros barcos foram logo ajudar, pelo que não houve nenhum problema. Claro que isto não teria acontecido se lá estivesse uma condutora exímia como eu: as minhas qualidades tornaram-se notórias num passeio de gaivota, acreditem. Nem sequer começava a gritar com medo de cair ao mar quando vinha uma onda mais forte nem nada. ;)

Os tic tacs mais adoráveis de sempre :D Este não é dos meus sabores preferidos, mas convenceram-me com aquele minion desconfiado ;)
'Empanadilla bocata' de atum
Esta espécie de empada também veio do Froiz. Pela Galícia há muitos salgados do género, mais comuns até em versão maior, numa espécie de tarte muito popular a que chamam criativamente 'empanada galega' e que toma imensos sabores (embora o mais popular seja o de atum). Cheguei a provar uma de zamburiñas (ou vieiras, mas zamburiñas é claramente um  melhor nome), mas era muito pouco fotografável, pelo que vão ter de se ficar pela imaginação. ;)

Schoko-Bons, que encontrei consideravelmente mais baratos por lá
Não comia estes chocolates há imenso tempo e não são nada como me lembrava. No entanto, são deliciosos, por isso menos mal :P

Smints de frutos vermelhos que nunca tinha visto por cá e trouxe para experimentar :)
Entretanto já provei estes smints e gostei bastante. Lembram-me de umas chiclets da trident 'for kids' que comia em pequena :)

O resumo dos produtos do post: 


E pronto, a parte 1 de 3 já está. Espero que tenham gostado (ou que pelo menos não se tenham cansado muito) e que voltem cá para as próximas duas partes. ;)

Nota: Links afiliados.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...