sábado, 14 de outubro de 2017

Pão de Ló de Ovar (Saudável, Sem Glúten/Lactose, Sem Gordura Adicionada)


Escolher o tempo que um pão de ló deve ficar no forno de modo a ficar perfeito é uma arte - admito que demorei a dominá-la, e o pão de ló tradicional que costumo fazer é prova disso.
Já fiz pães de ló demasiado secos, já fiz pães de ló demasiado líquidos e até já cheguei a fazer um que se encaixava em ambas as categorias, num dia em que apenas liguei a resistência de cima do forno.
A boa notícia é que há um lado atenuante - há sempre alguém que gosta do pão de ló mais seco ou mais húmido ou metade metade. O meu irmão, por exemplo, é um fanático do pão de ló líquido (nem é húmido, é líquido mesmo) - acho que o pão de ló que deixei menos tempo no forno até agora, que mais parecia doce de ovos, foi o preferido dele.
Assim sendo, não houve uma vez em que fizesse um pão de ló e ele foi apreciado (nem aquele primeiro que eu tentei bater à mão e ficou todo enqueijado - benefícios de ter uma mãe fanática por bolos enqueijados. O lado mau é ter de fazer queijadas todas as semanas). Então decidi tentar a minha sorte com uma versão saudável - e acho que as fotos falam por si quanto ao resultado. Para bolo  caprichoso o pão de ló tem sido bem simpático. ;)





Pão de Ló (Saudável, Sem Glúten/Lactose, Sem Gordura Adicionada)
Adaptado daqui

Ingredientes:
[  3 ovos
[  9 gemas
[  75g de açúcar de coco (usei o da Faz Bem, que podem encomendar aqui com 20% de desconto ao usar o cupão avela)
[  100g de polvilho doce (também podem usar azedo)

Preparação:
| Num recipiente grande, bater os ovos, as gemas e o açúcar de coco com uma batedeira elétrica durante cerca de 15 minutos (até a mistura ganhar volume e ficar fofa).
| Peneirar o polvilho para a mistura e envolver cuidadosamente com uma espátula.
| Transferir a mistura para uma forma pequena forrada com papel vegetal.
| Levar ao forno pré-aquecido a 220 graus durante cerca de 20 minutos (depende de como preferem o pão de ló e do forno - no meu forno 20 minutos resultaram no bolo da foto, bem húmido, mas provavelmente em alguns fornos tanto tempo resulta num pão de ló mais seco).



O pão de ló ficou delicioso, com um sabor ótimo e uma textura fofa e húmida! Por causa do açúcar de coco ficou com esta cor que lembra caramelo, achei adorável :P
Sempre pensei em fazer este bolo numa versão mais saudável, mas uso sempre mel para adoçar os bolos e achei que os ovos eram capazes de não ganhar tanto ar se fossem batidos com mel. Mais uma vez o açúcar de coco foi a solução - e resultou muito bem :)
Não cortei na quantidade das gemas porque acho que são imprescindíveis para fazer um pão de ló que lembre minimamente o original. Desta forma claro que, assim como o pão de ló tradicional, tem muitas gemas (e continua a ter açúcar, embora seja açúcar de coco), mas também é óbvio que classificar este bolo como 'saudável' (em comparação ao tradicional) não significa que devam basear a vossa alimentação nele!
De resto, é um bolo muito simples de fazer e que vale a pena. Espero que experimentem e aprovem a receita :)
____________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por uma fatia)
Energia: 164kcal
Proteínas: 5.1g
Hidratos de Carbono: 21.3g 
-       Dos quais açúcares: 10.0g
Lípidos: 6.7g 
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
-     Dos quais saturados: 2.3g
Fibra:  0.1g
Sódio: 32mg

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a 1 fatia ou 1/8 da receita). Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real. 
____________________________________________________________________________

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Produtos #40 - Bebidas Proteicas Fullprotein (Sabores Bolacha, Chocolate e Banana)



Há pouco a derovo enviou-me várias bebidas fullprotein. Provei então as de banana, que foram lançadas recentemente, e tive ainda a oportunidade de experimentar dois sabores que só estarão à venda daqui a algum tempo - cookies (bolacha) e chocolate. Há outros dois sabores, mais antigos, que também devem ser muito bons: morango e baunilha.

Fui partilhando algumas fotos pelas redes sociais (e até aqui no blog), mas entretanto decidi fazer um post só sobre as bebidas para partilhar a minha opinião :)

Conhecimento de causa não me falta, como podem ver :P
Não tenho bem a certeza de quais são os locais de compra, mas penso que há pelo menos no Celeiro, no Jumbo, no El Corte Inglés, no Intermarché e na Makro. Tenho a ideia de que também já me disseram que havia no Continente, mas não tenho a certeza! O preço ronda os 1,79€.

Relativamente às tabelas nutricionais e listas de ingredientes, vou deixar fotos abaixo (das de cada um dos sabores que provei). Claro que a lista de ingredientes não inclui só claras de ovo, é de esperar que um produto deste género não tenha só ingredientes perfeitos - assim como a whey com sabor não tem. Já a tabela nutricional é muito boa, ronda as 50kcal e 10g de proteína por 100g (cada embalagem tem 330g). São também baixas em gordura e hidratos.

Agora segue-se a minha opinião sobre cada um dos sabores, que estão por ordem de preferidos :)

1º - Chocolate



Inicialmente até 'engracei' mais com o sabor de cookies, mas depois comecei a preferir o de chocolate e entretanto não houve mais nenhuma mudança, por isso este é o veredicto atual :P
Levei as bebidas deste sabor muitas vezes para a praia, numa lancheira com gelo, e assim fresquinhas sabiam mesmo bem! Lembram leite achocolatado, apenas são menos doces um bocado (e por isso menos enjoativas também).
A consistência de todas as bebidas é muito agradável, não são muito líquidas mas também não são espessas ao ponto de se tornarem enjoativas :)

Bebida de chocolate com weetabix de chocolate
2º - Cookies (Bolacha)



Este de cookies é também deliciosa. Tem um sabor mais específico que não consigo descrever, mas é agradável! É talvez um pouco mais doce do que a de chocolate :)

Com amoras e weetabix minis com pepitas de chocolate
Se se estão a perguntar - sim, eu viciei na combinação destas bebidas com weetabix. Sou fã de cereais com leite frio, e como os weetabix não são muito doces ficam perfeitos com estas bebidas mais docinhas! Estes minis amolecem mas têm as pepitas de chocolate crocantes pelo meio, ficam especialmente bons :)


3º - Banana




Não é que eu não tenha gostado desta bebida de banana, mas quando a concorrência é tão forte admito que os sabores de fruta tendem a ser por mim preteridos :P
Ainda assim, se são fãs de banana irão de certeza gostar deste sabor. É leve e tem um sabor a banana muito bom, nada artificial :)


Pronto, esta é a minha opinião sobre os três sabores que já provei. Espero que tenham gostado :)

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Receitas Testadas da Semana #21 e #22


Juntei novamente as receitas testadas das últimas duas semanas para fazer um post. Espero que gostem :)





Bolo de Abóbora


Bolo de Alfarroba


Bolo de Batata-Doce e Amêndoa




Bolo de Chocolate com Courgette


Bolo de Cacau no Microondas (podem vê-la também na página de facebook 'Receitas da Gui'!)


Crepiocas (receita sem claras aqui)



Papas de Aveia (podem ver também a receita no blog da Inês -  aproveitem para visitar as restantes publicações, garanto que vale a pena!)


Queijada (versão com whey aqui)




Scones


Tarte de Pecan (adaptada da receita de tarte de amêndoa)


domingo, 8 de outubro de 2017

Donuts de Amêndoa (Saudável, Sem Açúcar/Gordura Adicionados, Sem Glúten/Lactose)


A tupperware é uma daquelas marcas que toda a gente associa a artigos de qualidade - digo eu, baseada na minha família, em que uma tampa de um tupperware partida num canto é bem capaz de provocar discussões feias.
A minha avó é especialmente fanática: insiste em não usar os recipientes da marca para congelar, para que não se estraguem, e tem um reservado para cada tipo de alimento (um para o queijo, um para os bifes, um para as cebolas (que por acaso é adorável e tem forma de cebola :P), vários para a sopa,...). E que ninguém se atreva a usar o seu tupperware dos bifes para colocar bolachas.
Como podem perceber pelos exemplos que usei, sempre lidei com a parte mais 'chata' da marca. De qualquer modo, a maior parte dos tupperwares de que falo são bastante velhinhos - não me lembro de quando foram comprados, por isso ou não tinha nascido ou não tinha idade para influenciar a compra no sentido das coisas mais interessantes.
Há pouco fui contactada por uma página que vende artigos da marca propondo estabelecer uma parceria em que me oferecia alguns produtos, e decidi corrigir isto escolhendo uma forma de donuts (e uma cuvete de gelo bastante adorável - podem ver os artigos nesta foto).
Admito que antes ainda vacilei um bocadinho - não sei se se lembram, mas já tive experiências bem más com formas de silicone. Depois acabei por arriscar, confiando na fama da marca - se se diz que tem qualidade é por algum motivo, certo?
Acabei por ficar muito satisfeita com o produto - estes donuts foram a minha primeira experiência com ele e como podem ver ficaram com um aspeto invejável. Preparem-se para serem tentados com algumas receitas de donuts saudáveis nos próximos tempos: até já decidi que vou criar um separador novo para os futuros donuts no índice de receitas. Parece que a coisa está séria. ;)





Considerei colocá-los virados ao contrário para as fotos, mas decidi não o fazer por se assemelharem inquietantemente a alheiras :P
Donuts de Amêndoa (Saudável, Sem Açúcar/Gordura Adicionados, Sem Glúten/Lactose)
Adaptado daqui
Para 4 donuts

Ingredientes:
[  1 ovo
[  1 clara
[  50g de farinha de amêndoa
[  30g de mel
[  1 pitada generosa de bicarbonato de sódio
[  1 pitada de canela (opcional)

Preparação:
| Misturar todos os ingredientes (ovo, clara, farinha de amêndoa, mel, bicarbonato de sódio e canela).
| Colocar a massa na forma (usei a de silicone que aparece nas fotos - mais informações abaixo) e levar ao forno pré-aquecido a 150 graus durante aproximadamente 12 minutos, ou até que os donuts estejam cozinhados (podem fazer o teste do palito).



Quanto à forma, como mencionei foi-me oferecida pela Miss Tupperware - se quiserem encomendar basta enviarem mensagem à página :) Claro que podem colocar em formas normais (de muffins, por exemplo), mas convenhamos que não tem metade da piada :P
Os donuts ficaram ótimos - muito fofinhos, ligeiramente húmidos e saborosos, quem provou gostou muito! Surpreenderam pela positiva :) 
____________________________________________________________________________
Informação Nutricional (por um donut)
Energia: 115kcal
Proteínas: 4.9g
Hidratos de Carbono: 9g 
-       Dos quais açúcares: 6.8g
Lípidos: 7.4g 
-          Dos quais hidrogenados: 0.0g
-     Dos quais saturados: 0.8g
Fibra:  1.6g
Sódio: 63mg

     A informação nutricional engloba uma porção (neste caso, corresponde a 1 donut ou 1/4 da receita). Os valores estão sujeitos a erro humano e a alguma imprecisão, mas deverão estar próximos do valor real. 
____________________________________________________________________________

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Produtos #39 - Skyr do Continente


Há uns tempos foram lançados estes iogurtes skyr da marca própria do Continente e pensei que tinham potencial - além de serem mais baratos do que os de marcas como a Arla, estão disponíveis em vários sabores e os de fruta não têm muito açúcar (embora seja questionável se os adoçantes são uma melhor opção).

Quando fui ao Continente trouxe um de cada sabor para experimentar (e vários dos naturais), mas... Confesso que não fiquei fã de nenhum :P


Foi a primeira vez que um skyr não me agradou (embora, claro, goste sempre de uns mais do que de outros). A textura é estranha, não é propriamente cremosa nem tão densa como é costume... E o sabor também não é nada de especial, nem sequer o dos naturais.

De qualquer maneira, aqui fica o meu ranking dos sabores. Como é óbvio, podem comprar os iogurtes no Continente. Estão disponíveis em embalages de 150g, que custam 0,59 ou 079€ (respetivamente os naturais e os de fruta), e de 500g, que custam 1,59 ou 1,69€ (idem). 

Como já mencionei, os de fruta são adoçados com edulcorantes - ainda assim, têm um bocadinho mais de hidratos e açúcar que os do Lidl (e menos de proteína). A lista de ingredientes inclui espessantes, corantes, amido de milho,... De qualquer modo, já se sabe que a versão natural é sempre preferível!

Vou deixar abaixo as listas de ingredientes e tabelas nutricionais associadas a todas as versões (exceto uma porque me esqueci).

1º - Natural



Eu sei que sou monótona na escolha de primeiros lugares, mas não é culpa minha que os iogurtes naturais sejam deliciosos.

...Ou não tão deliciosos quanto isso, neste caso - mas pelo menos um bocadinho mais que as suas contrapartes de sabor. ;)

Na foto até parece cremoso, mas dá-me sempre a sensação de que é granulado, não sei explicar. Provem e digam-me se é só impressão minha (mas comprem só um, pelo sim pelo não) :P



2º - Mirtilo



Embora tenha a mesma textura estranha dos outros todos, a calda tem um sabor agradável e não é demasiado espessa, por isso tem esse aspeto a seu favor.



3º - Pêssego e Maracujá


Neste a calda já tem um sabor mais apagado, e também me pareceu um bocado menos líquida, o que acaba por realçar a textura estranha (sim, ganho uma moeda de cada vez que digo 'textura estranha').


4º - Morango



Talvez seja por ter comprado um pacote grande, que em vez de ter calda tem o iogurte já com sabor a morango, mas achei este sabor particularmente mau. Tem um gosto enjoativo e artificial - e não preciso de descrever a textura, pois não? :P


E pronto, esta é a minha opinião sobre os skyr do Continente. Sinceramente não penso voltar a comprar (até porque entretanto descobri os da Ehrmann, que em jeito de compensação são só a melhor coisa de sempre). E vocês? Já provaram? Digam-me o que acharam :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...